terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Construção de personagens verdadeiros

 Quando você está criando um personagem, é necessário pensar em todos os aspectos da vida dele e de sua personalidade. Basicamente, podemos compará-los a pessoas. Ou seja, da mesma forma que ninguém é raso, exato, definível em poucas palavras, os personagens não devem ser assim, a menos que isso seja o objetivo do autor. Família, amigos, infância, adolescência, relacionamentos, pensamentos, roupas, características físicas, trejeitos, alimentação... tudo afeta diretamente ou indiretamente aquele personagem e deve ser descrito de forma a contribuir com a narrativa. Se há algo pouco importante, você pode até cortar essa informação, mas antes, sugiro uma reflexão por parte do autor, para ver se aquilo realmente é dispensável. Caso contrário, você poderá omitir elementos indispensáveis à descrição/caracterização do personagem.
  Quero dizer, pense no personagem como um amigo seu e em tudo que pode contribuir para o leitor  compreendê-lo como ''pessoa'' e entender sua função dentro da narrativa.

Boa escrita! Que 2018 seja melhor ainda do que 2017.

Postagem em destaque

Apresentação